segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Couchsurfing e Trekking na Pedra da Gávea - Combinam ou não? Eis a questão!

Pra quem não conhece, o CouchSurfing é por sua auto definição uma rede internacional que conecta viajantes de todos os milhares de cantos que tem no mundo. Mas acredito que seja mais que isso, é um espaço onde o intercâmbio cultural aflora, onde as novas amizades surgem e o melhor de tudo, onde a cada dia, a cada momento de convivência, você aprende mais e mais. A troca de experiência no couch é sensacional.

Nunca pensei viajar e conhecer tantas pessoas que de alguma forma marcaram para sempre a minha história. A @amochila por si só não seria ninguém, não iria a nenhum lugar se não houvesse esse mundo CouchSurfing para que nos fosse apresentado o mundo real em que todos são felizes por serem quem são e por eternizarem amizades sinceras.

Trekking é uma forma de caminhada em trilhas que podem ter variados níveis de dificuldade e duração, como posso citar o exemplo da Pedra da Gávea.

Unir o Couchsurfing com Trekking na Pedra da Gávea pode parecer uma loucura na cabeça de quem ainda não conhece essas duas maravilhas do mundo. Mas foi isso que um, posso dizer LOUCO PORTUGUÊS propôs nos últimos dias.

Vou contar um pouquinho de como toda essa química surgiu.

Eis que um certo dia, um tal português, lá do Porto, de Portugal, membro do Couchsurfing, que estava viajando pelo Brasil de "Boléia" para fotografar o que temos por aqui de melhor, entrou no grupo do Couch RJ e fez a seguinte proposta: "pessoal nos próximos dias vou estar de passagem pelo Rio, ... e estou com a intenção de subir a Pedra da Gávea para umas fotos, gostaria de saber se me podem ajudar, como chegar e os cuidados que deva ter."

Logo de cara, @amochila carioca, amante das trilhas de sua cidade, se ofereceu para guiar o até então desconhecido-futuro-louco-amigo até uma conversa com o Gigante da Gávea. Não demorou muito para que outros curiosos sobre os Mistérios da Pedra da Gávea também manifestassem o interesse em fazer a trilha. Pois bem, mas @amochila não sabia que seriam tantos assim curiosos assim e que muito menos ia surgir alguém relatando algumas dificuldades e incidentes que tiveram durante o percurso até o gigante. Mesmo assim, parecia que o grupo estava disposto a correr o risco e encarar o gigante frente a frente, ou melhor dizendo, de cima para baixo. A curiosidade era tanta dos diversos couchsurfings members que chegamos ao número de 34 pessoas.

Com este número grande, é claro que todas as preocupações vieram a mente. "Putz, vai babar, vai dar engarrafamento na CARRASQUEIRA, vai ter gente que num vai fazer a trilha toda e vai desistir, vai ter gente que vai reclamar pra cacete por ser uma trilha pesada" Mas nada disso desanimou @amochila.

Fechamos o grupo e acertamos os detalhes sobre o nosso Trekking na Pedra da Gávea. Como éramos um grupo grande, grande não, gigante, nos dividimos em dois grupos. Um que sairia da Barrinha, liderado pelo Torsten (Alemão-Carioca) e outro que sairia de Copacabana, liderado pela @amochilacouchsurfing.

Meu grupo foi logo subindo em um ritmo mais acelerado, deixando a Guia Mochileira para trás com uma parte do grupo, que tinha um pouco de dificuldades para subir a trilha. Em quase duas horas de caminhada na trilha, reparei que um de nossos amigos estava apresentando um pouco de cansaço e falta de ar. Logo lhe perguntei se estava bem e se queria que diminuissemos o ritmo. Foi quando, ele, ninguém mais do que o PORTUGA LOUCO, nos informa que estava apresentando aquele quadro, pois havia operado o PULMÃO tinha dois meses. Putz!!!!!! Porém, para amenizar um pouco a besteira que ele havia feito, nos disse, na maior cara dura que "se eu tivesse falado antes, niguém iria querer me trazer na trilha". Lógico que não! Só um louco faria isso. Porém, com quase duas horas, voltar seria loucura. Mas acreditem, mais loucura foi ter dado ouvidos ao portuga dizer que faria até o seu limite máximo. Claro que eu torci para que isso não resultasse em nada mais do que ele parar no meio da trilha e pedir pra voltar. O que aconteceu horas depois aos pés da Carrasqueira.

Muitas foram as loucuras que aconteceram nesse dia. Foi a Couch de Nwe York ficar para trás da primeria parte do meu grupo que subiu antes. Mas ela bem que foi esperta, ficou bem no meio da trilha. Foi fácil achá-la - PERDIDA. Risos.

O fato do Diego ter ficado lá na guarita, no começo da trilha, esperando a James acabou levando um bolo dela e teve que subir sozinho por quase toda a trilha até encontrar algum dissidente do grupo.

Mais a trilha foi muito boa, mas que boa, foi sensacional.

As cenas engraçadas de ver a Lee e Julia descendo a Carrasqueira, não teve preço. Desculpas meninas, mais foi engraçado... rsrsrs...

O Oscar com seu kit sobrevivência em trilha foi demais, 4 barras grandes de chocolate, pacotes e mais pacotes de barras de cereais e sem falar da adaga, facão sei lá o nome daquilo que ele carregava. Foi hilário...

E para finalizar o relato de mais uma aventura da @amochila, é claro, não poderia deixar de me agradecer por ter tido a paciência e não ter matado no bom sentido o Portuga louco. Emanuel, da próxima vez eu te jogo da carrasqueira viu...rsrrsrrsrs... por ter feito tantas amizades legais e por ter passado um dia maravilhoso como passei neste último domingo.




Maravilha de domingo assim que só o Couchsurfing poderia me proporcionar!


Quer ver como tudo isso terminou? Clique aqui e aqui para conferir os melhores momentos.
Share:

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Garanta seu Seguro Viagem

Reserve Já seu Hotel

Booking.com