quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Nova zelândia - Uma aventura em Queenstown

É chegada a grande hora. Vamos falar de Queenstown, a Cidade que é considerada como a Capital MUNDIAL dos esportes de aventura. Localizada na Ilha sul da Nova Zelândia, Queenstown é conhecida mundialmente por seu dom de integrar o Homem e a Natureza como quase nenhuma outra Cidade no Mundo !

Bom, chegamos na Cidade ao fim do dia. Fomos presenteados com um belo pôr-do-sol. Era final de primavera e a paisagem não poderia ser melhor. Eu estava muito ansioso ! Afinal de contas, a minha ida a Nova Zelândia tinha como o ápice, a chegada a Queenstown. E lá estava eu ! Em frente ao lago Wakatipu, contemplando aquele belo contraste entre uma Cidade pequena e a natureza imponente.

Ficamos 4 dias na Cidade, 2 dos quais dormindo no nosso carro (campervan) e os outros 2 no Base backpaker (ele de novo, rs). No primeiro dia fomos direto para a Agencia reservar o salto de bungy jumping. A intenção era fazer o salto mais alto da Nova Zelândia, o Nevis (134 m de queda) e assim fizemos ! Agendamos para o dia seguinte. Durante esse primeiro dia, demos uma volta na Cidade, fomos ao Kawarau, 47 metros de queda (Mais antigo Bungy jumping do Mundo). A paisagem é de tirar o fôlego, uma ponte de madeira, erguida por cima de um rio de águas azuis. Tivemos uma pequena amostra do que seria o nosso salto (3 vezes mais alto). O frio na barriga já começou logo ali !

Acordamos no dia seguinte e fomos direto para a Agencia, aguardar o ônibus que nos levaria para o alto da Montanha, para executar o salto. Apesar de final de primavera, aquela manhã particularmente, estava bem fria e ventando muito. Fomos em um grupo de 12 pessoas, 5 ou 6 diferentes nacionalidades. O salto custou NZ$ 240 e só 10 pessoas das 12 saltaram. 2 canadenses ''tremeram nas bases'' quando chegaram lá no alto e não conseguiram saltar. Não receberam 1 centavo de volta, pelo que pagaram. Essa regra era conhecida por todos na hora do fechamento do contrato. Enfim, era chegada o grande momento da minha Viagem, saltar do maior Bungy jumping da Nova Zelândia e um dos 3 mais altos do Planeta. Um mini teleférico nos leva da montanha através de cabos de aço para a base de salto, entre 2 montanhas. Só essa viagenzinha de 3 ou 4 minutos já faz muita gente pensar em desistir. Chegamos na base de salto, 3 ou 4 instrutores lá estavam. Uma música eletrizante, o volume no máximo e nós '' adrenalados'' por aquela atmosfera. Algumas pessoas saltaram na minha frente e, quando chegou a minha vez, deu aquele famoso ''clic''.  Era a minha hora. Vou ficar por aqui e deixar que as minhas fotos falem por mim:
Foto: Sávio Meireles


Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Foto: Sávio Meireles

Mas Queenstown não é feita só de Bungy jumping não. A Cidade é um verdadeiro parque de diversões ao ar livre. As opções vão desde kayaquismo, passando por sobrevôo de helicóptero a  passeio de shotover (jet boat). Aqui vai a minha dica: reserve 3 dias para Queenstown. Você não vai se arrepender. Ah, e vá no Verão, caso queira praticar todos esses esportes. No inverso as opções se reduzem um pouco. Por outro lado, no inverno há a opção de Esquiar na estação da cadeia montanhosa chamada ''Remarkables''.

Bom, galera, esse foi o meu último post sobre a minha viagem a Nova Zelândia. Fiquei por 3 meses naquele país e passei por 14 Cidades, fiz vários esportes de aventura e passeios culturais. Dirigi pela primeira vez em mão inglesa (sem cometer barbeiragem, rs) e dormi dentro do carro por vários dias. Espero que tenham gostado dos posts e me coloco à disposição para mais informações e dicas. 

Em alguns dias estarei de volta com matérias sobre a Austrália, o país que chamo de minha casa no momento ! Forte abraço !



Share:

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Garanta seu Seguro Viagem

Reserve Já seu Hotel

Booking.com