sábado, 2 de fevereiro de 2013

Manual do Aventureiro de 1ª Viagem

Pra quem acha que ser aventureiro é colocar uma mochila nas costas e sair por andando pelo mundo está muito enganado. Um aventureiro que se preze zela pela sua viagem com o máximo de planejamento e segurança possível. Um bom aventureiro vai fazer de tudo para que sua viagem seja a melhor viagem que poderia ter tido na vida, então, se liga nas dicas que separamos para você que é aventureiro de primeira viagem.

Planejar uma viagem não é tão fácil assim e exige bastante dedicação do aprendiz de viajante. Com isso, nossa aventura se divide em XX partes:

Orçamento

Para começar o seu planejamento é preciso saber até quanto está disposto a investir na sua aventura. Com isso, seu orçamento tem que atentar-se ao que chamamos de Custos Fixos e Custos Variáveis. What? Calma, vamos explica. Quando você vai viajar, uma boa parte da sua preocupação vai ser Quero viajar, será que meu dinheiro vai dar?

Se em uma viagem para a Europa você está disposto a investir o valor de R$ 10 mil reais, basta calcular os custos fixos e estipular os custos variáveis da sua viagem. Um exemplo:

1º Passo – Custos Fixos
Os Custos Fixos de uma viagem é o que consideramos a Passagem (ida e volta da origem e destino), Seguro Viagem e Transporte de deslocamento*
* Transporte de deslocamento é o transporte que você vai utilizar para andar de um país para outro ou mesmo de uma cidade para outra.
Custos Fixos da Viagem
Passagem (ida e volta da origem e destino) – R$ 2.600 reais
Seguro Viagem (30 dias na Europa) – R$ 290 reais
Transporte de deslocamento – R$ 2 mil reais

Gastos Fixos: R$ 4.890 reais

2º Passo – Custos Variáveis

Os Custos Variáveis é o gasto que terá com Hospedagem Alimentação, Transporte Local, Baladas e Atrações/Passeios. Como já sabemos quanto teremos de custos fixos, basta calcular o valor do seu orçamento disponível pelos gastos fixos que terá na viagem e depois dividir pela quantidade de dias que sua viagem terá. Por exemplo:

Orçamento - Custos Fixos = ???

10 mil reais (orçamento disponível) – 4.890 reais (custos fixos) = R$ 5.110 reais para os Custos Variáveis

Custos Variáveis da Viagem
Basta pegar o valor disponível para os Custos Variáveis que você tem e dividir pelo número de dias que você estará viajando. Por exemplo: 30 dias na Europa = R$ 170 reais. Convertendo para o Euro (2,71) dá € 62 euros aproximadamente. Ou seja, você terá € 62 euros por dia para a sua viagem. Com isso, é só distribuir de acordo com o seu estilo de viajante. No nosso caso, ficaria assim:

Custos €/dia (média de gastos por dia)
Hospedagem – € 15 euros
Alimentação – € 15 euros
Transporte local – € 5 euros
Atrações/Passeios – € 10 euros
Baladas – € 10 euros

O que nos dá um total de € 55 euros por dia pra gastar e ainda sobra € 7 euros por dia pra reservas.

Definição do Roteiro


mochileiros

O primeiro passo da viagem é saber para onde você vai. É bem complicado saber para onde queremos ir quando se quer ir para muitos lugares. Mas dependendo de quanto de grana você esteja disposto a investir, vale a pena pesquisar bastante sobre cada um dos lugares que quer visitar. Mas cuidado, não pesquise muito, pois isso pode confundir sua cabeça e acabar dando um nó nela. Quando queremos traçar um roteiro para a nossa aventura, sempre pesquisamos por sites como Mochileiros.com e também pela RBBV – Rede Brasileira de Blogs de Viagens, onde é possível encontrar uma gama de links sobre diversos lugares do mundo e o melhor de tudo, testado por aventureiros como você!

Como ir

Depois de ter bem claro quais são os lugares que quer conhecer, ou seja, depois que tiver seu roteiro devidamente definido, é hora de saber como chegar ao local e como se deslocar por ele. Atualmente existem diversos aplicativos que ajudam o viajante na hora de saber como se deslocar de um lugar para o outro. Sempre que decidimos viajar, um dos aplicativos que sempre nos ajuda na hora de saber como chegar ao lugar que queremos é o Google Maps e claro, as dicas que outros aventureiros dão no Mochileiros.com. Existem outros aplicativos que também ajudam no deslocamento da sua viagem, mas é preciso ter clareza de que eles não vão facilitar a sua viagem por completo, mas é uma boa opção na hora do aperto de não saber como se deslocar, como o Guia Quatro Rodas.

Onde Ficar

Pois bem, você já sabe para onde vai, como vai e agora precisa saber onde ficar em cada lugar que vai passar, certo? Então vamos lá. Assim como para conseguir descobrir como se deslocar, também existem diversos aplicativos que te ajudam a encontrar um bom lugar para ficar em cada um dos lugares.

Sempre que vamos viajar pesquisamos sobre onde nos hospedar no site do HostelBookers.com que nos ajuda a descobrir um bom hotel, hostel, camping, guesthouse, etc, com preços bem bacanas e o melhor de tudo, sem ter que pagar taxas para reservar a hospedagem. O site é bem simples e fácil de se manusear. Basta escolher o país e a cidade para a qual vai viajar e escolher a hospedagem de acordo com o seu interesse e orçamento.

hostelbookers

Uma coisa importante muito importante e que deve ser levada em consideração quando se vai para um lugar no qual nunca se foi, é não entrar em furada. Por isso, quando reservar o seu hotel/hostel/camping, fique atento aos comentários sobre cada um dos lugares que está pensando em se hospedar. Por exemplo, em uma viagem que pretendemos fazer ao peru, pesquisamos a hospedagem pelo site do HostelBookers e estamos bem atentos aos comentários feitos por outros viajantes que passaram por ali antes de nós. Eles dão informações importantes sobreo local, dizendo se gostaram do atendimento, se as instalações do local é adequado ao que espera de um local onde você vai dormir, se tem Wi-Fi (importantíssimo para o viajante se comunicar, publicar fotos na internet, etc), entre outros comentários.

Avaliação HostelBookers



recomendações hostelbookers

O que conhecer

Aí é que começa a complicar. São tantas coisas que existem em cada um dos lugares desse mundo que temos curiosidade de conhecer que acaba dando um nó de marinheiro na nossa mente. No começo queremos conhecer tudo, daí damos conta de que nem sempre nosso orçamento não condiz com os nossos desejos. Por isso, de acordo com suas pesquisas sobre os lugares que quer conhecer lá no 1º Passo – Roteiro, liste todas as atrações que o lugar oferece e depois destaque aquelas atrações e passeios que mais lhe chamam a atenção. Depois, verifique se conhecer essas atrações estão dentro do seu orçamento e mande ver.

minube

Sempre que estamos planejando nossas aventuras, pesquisamos sobre o que cada lugar oferece e o que outros viajantes nos recomendam nos sites Mochileiros.com e também no Minube. O Minube, além de ser um ótima ferramenta, tem dicas bem interessantes e dá para você fazer dowload do destino que quer conhecer com várias dicas que vão te ajudar bastante durante a viagem.

E ai, curtiu as dicas? Tem alguma outra? Compartilha com a gente. Deixe sua sugestão nos comentários.

*Post com inserção Publicitária.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário